terça-feira, 17 de novembro de 2015

NOÉ: UM EXEMPLO DE PIEDADE NUM MUNDO CORRUPTO

NOÉ: UM EXEMPLO DE PIEDADE NUM MUNDO CORRUPTO

Apesar de o mundo ter se afundado em pecado, houve alguém que se comportou de forma diferente. Esse indivíduo é chamado Noé. “A palavra Noé do hebraico “Noach” “repouso” vem de um verbo que significa descansar, e está associado a alivio.” (RADMACHER, et al, 2010, p. 25).

                       A Bíblia destaca algumas características deste nobre servo de Deus, a saber:

(a)  UM HOMEM EDUCADO NO TEMOR DE DEUS.
Mui provavelmente, Noé não chegou a conhecer Enoque, seu bisavô. Mas chegou a desfrutar de uma longa convivência com o avô, Metusalém. E, deste, muito ouvira daquele que, por sua piedade, fora um dia arrebatado por Deus. O relato, que lhe repetiria o pai, Lameque, muito o inspirou e fortaleceu-o no exercício do ministério divino como pregoeiro da justiça.

 Não confundamos este Lameque com aquele notório descendente de Caim, que levou o mundo à ruína. O pai de Noé também era profeta. É o que inferimos de sua declaração quando do nascimento do filho. Ao olhar a criança dada à luz num mundo de trevas, inspira-se divinamente: “Este nos consolará dos nossos trabalhos e das fadigas de nossas mãos, nesta terra que o Senhor amaldiçoou” (Gn 5.29). Educado por homens piedosos e justos, tornou-se Noé justo e piedoso. Estava ele pronto, agora, a
ouvir a palavra de Deus referente ao juízo que haveria de recair sobre toda a terra. Observemos que Noé e seus antepassados, remontando a Sete e a Adão, acham-se na genealogia que Lucas traçou de nosso Senhor Jesus Cristo (Lc 3.37,38).

 (b) JUSTIÇA (Gn 6.9-a; 7.1).
A palavra justo, do hebraico tsaddiq, descreve o caráter de Noé conforme se manifestava em relação aos outros seres humanos: “honestidade” ou “honra” era evidente em seu comportamento, sua conduta revelava esta justiça moral e ética (Ez 14.14,20);

 (c) RETIDÃO (Gn 6.9-b).
A palavra hebraica “tâmim”, íntegro, descreve o produto perfeito de um construtor sábio; é inteiro, completo e perfeito. Visto objetivamente, a palavra imaculado descreve o caráter.
A despeito da tamanha maldade que assolava o mundo naqueles dias(Gn6.12),Noé decidiu permanecer fiel ao seu Criador.O patriarca afastou-se da corrupção,permanecendo íntegro moral e espiritualmente(Gn6.9).
Por sua retidão,afirma a Bíblia,achou graça diante do Altíssimo(Gn8.21).Assim como Jó(Jó.1.1),Noé foi diferente de todos os homens de seu tempo.
A experiência de Noé nos ensina que o modelo bíblico para uma vida cristã não depende de critérios humanos.
A Bíblia mostra que Deus é reto (Dt 32.4; Sl 25.8; 92.15; 119.37); e,

(d) COMUNHÃO COM DEUS (Gn 6.9-c).
Tal qual Enoque, Noé também é descrito como um homem  que andou com Deus (Gn 5.24; 6.9). A expressão “andar com Deus” aponta para a sua conduta, caracterizada pela vida de comunhão e obediência a Deus.Noé confiava integralmente em Deus e vivia em plena comunhão com Ele.Por andar com o Senhor,fora agraciado com a revelação do plano divino(Gn.6.14-17).
Deus fez com que Noé e sua família entrassem na arca,salvando-os do grande dilúvio.Ao baixar as aguas,o Senhor confiou ao patriarca toda a obra de suas mãos,e estabeleceu com ele uma nova aliança(Gn.9.9). A mesma postura se requer do cristão ante este mundo tenebroso (Sl 84.11; Pv 2.21; 16.17; Gl 5.16-26; I Jo 2.29).

(e) DEPENDENTÊCIA DE DEUS.(Gn.8.13-19).
Até que ouvisse a vós de Deus,Noé não ousou sair da arca.Isto demonstra total dependência de Deus.O Senhor fechara a porta da arca por fora,portanto,só ele deveria abri-la(Gn.7.16).A sujeição a Deus deve fazer parte do caráter de todo homem que deseja agradá-Lo (Fp.2.5-8).
(f).GRATIDÃO A DEUS.(Gn.2.20).
Ao sair da arca,Noé edificou um altar ao Senhor e ofereceu-lhe um sacrifício pelo livramento que recebera.Os homens de Deus,em todas as épocas,são convocados a louvá-lo e agradecer-lhe por tudo,sempre (Ef.5.20;1Ts.5.18).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Power

<a href="http://www.powerplaymanager.com/r2060425/soccer/pt/"><img alt="Futebol - Jogos Online - Aprecia o gosto da ...