sexta-feira, 26 de outubro de 2012

A Cura da Filha da Mulher Cananéia.

Mateus15.21-39; Marcos7.24-30.

Depois de sua conversa com os Fariseus,Jesus viajou em direção ao norte,Talvez devido à crescente oposição religiosa e política ou mais provavelmente por causa de um desejo de repouso e privacidade,Jesus foi para os territórios (regiões) de Tiro e de Sidom(24).

Essas duas cidades estavam localizadas na Fenícia(atualmente-Líbano)que era um território gentílico.Jesus desejava ficar sozinho com os seus discípulos para  instruí -los.

Ao chegar,Ele foi procurado por uma Mulher cananéia (22).Em Josué5.12) a "terra de Canaã"(hebraico)aparece na versão da Septuaginta em grego como o "país dos fenícios".Essa mulher era estrangera e pagã.

No entanto,ela veio a Cristo.Marcos,que é único outro autor que registra esse episódio(Mc7.24-30),diz que ela era "grega ,siro-fenício".Portanto ,as duas descrições estão essencialmente de acordo.

Ela vinha daquelas cercanias.Essa é uma palavra grega totalmente diferente daquela que foi traduzida como costa,em algumas versões,no versículo21.

Aqui ela significa literalmente"fronteiras"ou limites".No versículo 21 ela consta,em várias versões,como partes".Essa mulher se dirigiu a Jesus da seguinte forma:Senhor,Filho de Davi, isto é ,Messias.

Ela pode ter estado entre aqueles que eram das "partes de Tiro e Sidom",que tinham vindo ao lago  da Galiléia para ver Jesus(Mc3.8).Agora ela implorava por misericódia.

Sua filha  estava miseravelmente endemoninhada ,o que está de acordo  com os originais gregos.
No início Jesus não respondeu palavra(23).
Finalmente,os discípulos chegaram e começaram a pedir:"Despede-a,que ela vem gritando atrás de nós"(tradução literal)Eles estavam aborrecidos porque a mulher continuava a segui-los,"gritando" por ajuda.

Provavelmente queriam que o Mestre fizesse o que ela pedia ,para assim ficarem livres dela.Ao responder ,Cristo informou a suplicante que Ele havia sido enviado apenas às ovelhas perdidas da casa de Israel(24).

Primeiro com o seu silêncio e depois com uma afirmação direta,Ele rejeitou o pedido.Carr expressa corretamente o propósito de Cristo:"Por meio de sua recusa,Jesus estava testando a fé dessa mulher,para poder torna-la mais pura e profunda.

Para não ser repelida,a mulher se aproximou e adorou-o-"ela se ajoelhou perante Ele"-implorando:Senhor ,socorre-me(25)Este verbo significa auxiliar alguém que está pedindo socorro.

Aparentemente ,a resposta de Jesus parece não ser nada menos que um insulto.Ele disse que não era apropriado(literalmente bom)pegar o pão dos filhos (dos judeus) e deitá-los aos cachorrinhos(26).

Geralmente ,os judeus chamavam os gentios de "cães",isto é, "impuros".Esta expressão parece fora de propósito,saindo dos lábios de Cristo.Entretanto,a palavra grega significa"cachorrinhos".Como diz Morris:"Nosso Salvador não estava se referindo aos cães selvagens,violentos ,imundos e sem dono  que perambulavam  pelas cidades do Oriente.

mas cachorrinhos de estimação nos quais as crianças estão interessadas e com os quais elas brincam(...)
A resposta da mulher foi ,em todos os sentidos,notável.

Ao invés de se ressentir por ter sido classificada como "cachorrinho"por parte de Cristo,ela aceitou a situação.Mas  tirou dela o maior proveito possível.

Tudo que pedia eram as migalhas que caem da mesa(27).Ela cria que essas migalhas iriam atender às suas  necessidades.Em outras palavras ,o poder do Mestre era tão grande ,que não seria necessária  uma parte expressiva dele para expulsar o demônio do corpo da sua filha.

Não é de admirar que Jesus tenha respondido:Ó mulher grande é a tua fé(28)..Seu pedido foi atendido de forma imediata e plena.

Esse incidente foi bem resumido por G.Campell Morgan:"Contra o preconceito,ela veio:contra o silêncio,perseverou;contra a exclusão,prosseguiu;e contra a rejeição,Ela venceu".

A perseverança,fé e perspicácia da mulher abriram  caminho em meio as dificuldades.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Power

<a href="http://www.powerplaymanager.com/r2060425/soccer/pt/"><img alt="Futebol - Jogos Online - Aprecia o gosto da ...